Monthly Archives: September 2013

Sobre o desenvolvimento do jogo Porque Eu Quis

Jogo Porque Eu Quis

 Screen Shot 2013-09-25 at 07.30.26

→ Objetivo do trabalho

Nossa equipe teve o objetivo de desenvolver um jogo casual que fosse do estilo shooter, parecido com os jogos asteroides e space invaders. Um jogo simples, porém completo! Detalhe: Ele teria que ser desenvolvido em apenas uma semana.

→ Ideia

A ideia surgiu ao relacionarmos o tradicional atirador do gênero shooter aos acontecimentos recentes em nossa cidade e país envolvendo confrontos entre manifestantes e polícias militares. Inúmeros presentes aos protestos (incluindo pessoas próximas) relataram abusos por parte da polícia e esse foi o principal elemento representado no jogo. Uma alegoria à violência que (segundo diversos depoimentos) atacou a população sem distinção de sexo, idade, ou mesmo causa, já que muitos não-manifestantes também pagaram o preço. O Lema foi descrito como “atirar primeiro, perguntar depois – ou não perguntar”. Tal fato revelou a fragilidade de negociação entre povo e governo, fazendo este último responder com violência brutalidade ao clamor da população. Por fim, o título (‘Porque eu quiz’) faz alusão a frase consagrada por um PM que traduz a possível ‘justificativa’ para as agressões.

Screen Shot 2013-09-25 at 07.32.36

→ Interface/Cenário

A interface do jogo é simples. Isso se dá por conta de que o jogo não precisa mostrar muitas informações ao usuário. Buscou-se aproveitar elementos do jogo na interface. O background do jogo é a mesma imagem do cenário do jogo, a orientação de que menu escolher é feita movimentando o personagem principal e quando o usuário decide qual tela seguir, o personagem principal atira no menu e ele recebe um efeito de explosão. Na interface “in game” o usuário sabe sobre suas vidas e sobre quantos manifestantes ele atingiu. Na interface “out game”  o usuário (além de entrar no jogo) pode acessar a telas de Instruções e sobre a equipe desenvolvedora.

Obs: Cenário desenvolvido por André Lima

 

→ Animações/Personagens

Os personagens foram desenvolvidos utilizando a técnica do PIXEL ART  e a ajuda do software GIMP. Existem sete variações de “inimigos” (manifestantes) e o personagem principal (soldado). Quanto as movimentações, os inimigos andam, entregam uma flor para o policial e morrem quando são atingidos, já o policial anda, atira e caso o manifestante consiga chegar vivo até ele, o manifestante o entrega uma flor e depois o policial morre. O policial tem três vidas, caso três manifestantes entreguem a flor a ele, ele solta uma bandeira branca, recebe mais flores e morre. Os gatinhos não tem culpa de nada, eles andam e morrem caso sejam baleados.

→ Programação

O jogo foi programado na linguagem C# e foi utilizada a engine de jogos Unity 3D para unir todos os elementos (código, interface, personagens, animações). Com uma mecânica bem simples, no estilo Top-Down, onde o jogador visualiza o jogo acima do cenário e personagens.

 

→ Como jogar

Utilize as setas do teclado ou os botões A, W, S, D para movimentação, o mouse para mirar o e clique do botão esquerdo para atirar. O usuário deve evitar ser atingido pelos manifestantes e terá três vidas para isso.

 

→ Sons

Todos os sons foram retirados do site freesound.com. Há um background barulhento e um som de grito para cada morte. O gato mia e o policial recebe um som de tiro.

Link do jogo: http://goo.gl/bcMp9e

Advertisements